Chat with us, powered by LiveChat
content marketingdigitalstorytelling
[ Janeiro 22, 2019 by Martim Mariano 0 Comments ]

O Storytelling corporativo ainda funciona?

Se o vosso público não conseguir responder à questão: “de que trata esta história, afinal?” todo o vosso trabalho terá sido em vão.

content marketingdigitalmarketingstorytelling
[ Janeiro 16, 2019 by Martim Mariano 0 Comments ]

Procura uma carreira em Marketing Digital? Nós ajudamos

Já se percebeu – até porque a realidade se encarrega de nos mostrar isso mesmo diariamente – que o Marketing Digital é hoje uma realidade absolutamente incontornável dos nossos dias.
Exatamente por essa razão resolvemos criar este texto, para que possa retirar daqui alguns conselhos úteis que permitam tornar + fácil o processo de procura de uma carreira nesta área.

Para que o panorama tivesse mudado de forma tão drástica e tão voraz, muito contribuiu o advento das redes sociais em que quase todos estamos presentes, de forma mais ou menos proeminente, mas estamos presentes.

Esta indústria foi criando, ao longo dos últimos anos, diversos novos postos de trabalho nas empresas um pouco por todo o mundo, que hoje são mais-valias ao nível da comunicação e da divulgação daquilo que é a sua oferta, seja ao nível comercial, ou simplesmente ao nível da relevância dos serviços que prestam. Eu que o diga, que encontrei neste mundo o meu caminho profissional fora do Jornalismo.

O marketing digital vai muito além daquilo que é a natural compreensão de estratégias e táticas voltadas para o bom uso da internet.
Uma das coisas verdadeiramente importantes é conhecer muito bem o ambiente digital, de uma forma global.

No entanto, para poder trabalhar em Marketing Digital é preciso bem mais do que estar presente em todas as redes sociais que existem à face da terra.

“People don’t buy what you do, they buy why you do it.” – Simon Sinek

A importância de conhecer bem a Internet 

carreira_mkt_digital_digitafc

Assim, é extremamente importante que se conheça e se dominem assuntos que não digam diretamente respeito ao seu trabalho, nomeadamente tais como conhecer memes, termos e formas de expressão populares na net, novas tecnologias e por aí fora.

É igualmente fundamental que seja capaz de se adaptar muito rapidamente às alterações do meio, que é como quem diz, da internet – e todos nós sabemos que estas alterações acontecem a um ritmo verdadeiramente avassalador. Ou seja, o que hoje é um dado adquirido, amanhã pode estar completamente ultrapassado.

Outro fator importantíssimo é que consiga um equilíbrio entre o pensamento criativo e o pensamento analítico. Confuso? Nós explicamos. Obviamente que é fundamental que a criatividade esteja presente em qualquer área do Marketing que escolha trabalhar.

Mas, no que ao Digital diz respeito, a criatividade, por si só, não chega.
É preciso complementá-la com o pensamento analítico a fim de se tornar capaz de analisar métricas e extrair insights a partir das mesmas. 

Equilibrar a parte analítica com a parte criativa

carreira_mkt_digital_digitafc

Tome nota do seguinte: sem análise de métricas e insights é impossível sobreviver nesta profissão. Mas… as métricas e o pensamento analítico não são tudo. Claro que não. A criatividade é um fator absolutamente determinante e que pode mesmo virar o jogo a seu favor, porque ela permite encontrar soluções absolutamente inovadoras que nenhuma análise de métricas lhe vai conseguir dar. Pode apostar nisso.
A criatividade humana ainda está a anos luz de distância daquilo que o melhor dos computadores consegue fazer.

Como já deve ter reparado, uma estratégia de marketing digital é composta por várias etapas e fases, de modo que se torna essencial que a mesma seja desenvolvida e trabalhada em equipa.

Portanto, é absolutamente crucial que alguém que se está a querer aventurar neste mundo tenha um fortíssimo espírito de equipa – saiba partilhar informações, aceitar sugestões —  e em alguns casos, críticas, sobrando por isso pouco espaço para alguém que goste de controlar tudo o que está a ser feito à sua volta, sem dar espaço ou liberdade a quem consigo trabalha.

Essas qualidades vão permitir que consiga realizar um trabalho de qualidade, promover um ambiente saudável, de respeito e companheirismo com todos os seus colegas e para que possa igualmente aprender com eles e partilhar os seus conhecimentos. Quem é que ganha com isto?
A empresa e, claro, os clientes, que são quem mais importa.

A importância das ferramentas certas

carreira_mkt_digital_digitafc

Bom, agora que já lhe falei do mais importante, vou mostrar-lhe como é que pode munir-se de ferramentas para conseguir de facto arranjar um emprego nesta apaixonante área do Marketing Digital.

Antes de mais importa fazer um disclaimer fundamental para esta demanda – Não há melhor ferramenta para conseguir singrar nesta área que apostar fortemente no seu próprio conhecimento.
É exatamente por essa razão que o foco das nossas indicações incide precisamente no aumento do conhecimento, de modo a que possa definir as melhores estratégias para conseguir levar a cabo o seu plano de conseguir um emprego nesta área.

1. Sites, Blogs e/ou bibliografia sobre Marketing

Estes são, sem qualquer sombra de dúvidas, alguns dos recursos mais valiosos e que podem ser uma ajuda fundamental para que consiga aprofundar o seu conhecimento relativamente às melhores estratégias a seguir na busca do seu objetivo. Porquê? Porque permitem, acima de tudo, que se atualize relativamente às tendências e às práticas mais atuais existentes no mercado de trabalho.

Uma das coisas boas que acontecem ao nível do Marketing Digital, no nosso país, é que os melhores profissionais do mercado costumam partilhar conteúdos regularmente, nos seus blogs e sites.
E sabe qual é a melhor parte de tudo isto? É que o fazem de forma gratuita, por isso aproveite para se manter constante a par de tudo o que estes profissionais vão fazendo e utilize as dicas que eles vão dando para fortalecer a sua posição e reforçar o seu conhecimento.

Deixamos-lhe aqui uma lista de blogs ligados à área que pode consultar sempre que precisar:

  1. Social Media Examiner
  2. HubSpot
  3. Rockcontente
  4. RDStation
  5. Buzzsumo
  6. Buffer
  7. SproutSocial
  8. Hootsuite
  9. Kissmetrics
  10. AdEspresso
  11. Marketo

2. Investir em cursos ligados ao Marketing Digital

Esta é, sem sombra de dúvida, uma opção sábia e extremamente inteligente, uma vez que é uma forma de investimento quase sempre segura e que lhe pode trazer benefícios incalculáveis para o seu futuro.
Deixamos-lhe aqui os links para a oferta formativa que temos na DIGITALFC:

– Curso intensivo de Marketing Digital, com Frederico Carvalho

Curso Intensivo Marketing Digital Frederico Carvalho

Curso Storytelling e criação de conteúdos para Redes Sociais, com Martim Mariano

Curso Storytelling e Marketing de Conteúdo para Redes Sociais com Martim Mariano

3. Profissionalizar ao máximo o seu perfil no LinkedIn

Se quer posicionar-se no mercado e começar a tornar-se relevante dentro do mesmo, então não pode mesmo deixar de investir tempo nesta rede social. Acredite que isto pode ser absolutamente determinante.

O LinkedIn é hoje uma ferramenta incrível e indispensável para quem quer progredir na carreira e tornar-se relevante no panorama laboral. Porquê? Porque todos os grandes players andam por lá em busca de talentos, de oportunidades e de conteúdos diferenciadores.
Por isso, se quer dar-se a conhecer ao mundo laboral e em particular aos profissionais do Marketing Digital, nada melhor do que começar a construir uma presença assídua, constante, consistente e regular no LinkedIn.

Aproveite para seguir o Pedro Caramez, que é a maior referência nacional no que a esta rede social diz respeito.

Recapitulando:

  • É fundamental que conheça bem a Internet e que se saiba mexer na Web;
  • Deve ter a capacidade de ser flexível e de se adaptar às constantes e rápidas alterações da Internet;
  • Equilibrar o pensamento analítico com o pensamento criativo;
  • É importante que saiba usar as ferramentas certas;
  • Invista no seu próprio conhecimento, é uma mais valia que será sempre valorizada;
  • Otimize a sua presença no LinkedIn.

Da nossa parte, é tudo.

Acreditamos que se seguir os passos que lhe fomos apresentando ao longo do artigo poderá, com grande dose de certeza, preparar da melhor forma a sua entrada no mundo do Marketing Digital.

Agora é deitar mãos à obra e começar a preparar a mudança que vai operar na sua vida. Só nos resta desejar-lhe boa sorte e dizer-lhe que se trabalhar muito e for inteligente nas suas pesquisas e decisões, estará seguramente mais perto de alcançar o seu objetivo final.
Seja perseverante, persistente e não desista. Por muito difícil que a missão lhe possa parecer, o resultado final promete compensar o esforço.

Que outros conteúdos ligados ao Marketing Digital é que gostava de ver abordados nos próximos artigos? Deixe a sua opinião nos comentários.

content marketingdigitalstorytelling
[ Janeiro 9, 2019 by Martim Mariano 2 Comments ]

5 erros comuns que os criadores de conteúdos devem evitar

Escrever e criar conteúdos é difícil.
Se fosse fácil, andava o mundo todo a fazê-lo.

content marketingdigitalmarketingstorytelling
[ Dezembro 18, 2018 by Martim Mariano 0 Comments ]

8 truques para editar artigos em metade do tempo

Uma boa edição pode transformar um conteúdo medíocre em algo verdadeiramente incrível e que dê vontade de ler e de partilhar.
Sobretudo se estivermos a falar de storytelling e da forma como vai entregar as suas histórias aos seus leitores.

Não é à toa que este é um dos aspectos mais importantes de todo o processo de escrita, mas que continua a ser descurado por tantos produtores de conteúdos.

Para já deixe-me dar-lhe os parabéns.
Se decidiu ler este artigo é porque, com grande dose de certeza, escreve e edita artigos com frequência ou então escreve e quer começar a publicar os seus próprios conteúdos já a partir de Janeiro.

Já se sabe que o começo de um novo ano é sempre uma altura de ímpetos de mudança, o que faz com que seja fundamental aproveitar essa energia positiva e criadora para implementar novos hábitos.

Foi precisamente a pensar nisso que resolvemos juntar estes 8 conselhos e tentar tornar essa tarefa mais fácil e menos dolorosa.

“I’m writing a first draft and reminding myself that I’m simply shoveling sand into a box so that later I can build castles.” 
― Shannon Hale

Cortar. Cortar. Cortar

artigo edição de texto

Tornarmo-nos bons editores dos nossos próprios conteúdos é coisa que leva tempo e sobretudo muitas horas de prática, mas é sobretudo um empreitada que vale bem a pena e com claros benefícios para aquilo que mais importa: a qualidade dos seus conteúdos e a utilidade dos mesmos para quem os lê.

Voltemos ao texto.
Cortar partes de um texto escrito por nós, é e será, não poucas vezes, um dos grandes desafios/problemas com que se depara ou se vai deparar.

No entanto, antes mesmo de arrancarmos, convém deixar-lhe aqui já um primeiro truque que pode e deve utilizar ANTES de começar a escrever o seu texto. É muito importante que saiba qual é o objectivo do seu artigo. Sabendo o objectivo e a quem é que ele se dirige torna-se muito mais fácil de fazer tudo o resto.

Saber o que vamos escrever, no caso de artigos e temas específicos é determinante para o sucesso dos mesmos.

Vamos então, sem mais demoras, passar já à lista de truques, dicas, conselhos – escritos por alguém que tem de o fazer com muita frequência – que pode utilizar para tornar a edição dos seus textos uma tarefa muito mais eficiente, simples e que lhe vai permitir poupar tempo.

8 truques para editar artigos em metade do tempo

  1. Leia o seu texto num formato diferente. Se está a escrever num computador, imprima o texto em papel, ou grave-o em pdf., por exemplo.  Mudar a fonte, a cor, ou o tamanho de letra tambem podem ser uma ajuda preciosa. Estamos a sugerir que faça isto tudo, porque sabemos que estes pequenos e simples gestos vão ajudar a que consiga olhar para o seu texto como se o estivesse ver “de fora”, com outra perspectiva que não a de quem acaba de o escrever e que tem associado ao mesmo sentimentos vários que importa compreender e respeitar.
  2. Faça uma pausa. Este é um dos sábios conselhos que se pode dar a qualquer escritor e que serve, essencialmente, para tentar provocar algum tipo de distanciamento entre o autor e a sua obra. É sempre boa ideia deixar o artigo repousar durante algumas horas ou mesmo durante um dia/noite. Ao colocarmos forçosamente uma barreira entre nós e o conteúdo que acabámos de criar, estamos, paralelamente, a criar uma distância emocional relativamente ao fruto mais verde da nossa escrita. Quando finalmente regressar ao trabalho, vai conseguir identificar com mais clareza erros, frases que fazem pouco sentido, ou até mesmo ideias que lhe pareciam excelentes mas que, na verdade, não são assim tão boas.
  3. Leia o texto em voz alta. Esta é uma técnica muito utilizada, por exemplo, pelos jornalistas nas redacções. Seja depois do texto estar pronto, seja durante a escrita das frases. Esta técnica permite igualmente identificar erros, palavras e frases que não soam tão bem e, mais do que qualquer outra coisa, permite identificar o ritmo da sua escrita. Conhecendo o ritmo da sua escrita, conhece a forma como as palavras que quer usar se podem encaixar umas nas outras de modo a poderem ganhar o sentido que verdadeiramente lhes quer dar.
  4. Dê certezas em vez de possibilidades. A boa comunicação pode e deve parecer ou soar ligeiramente autoritária. É até recomendável que assim seja. Por isso, são completamente de evitar frases como “parece ser” ou “pode ser a razão para”, pois estas servem apenas para enfraquecer a sua mensagem e retirar credibilidade ao que está a dizer. E ninguém quer que isso aconteça. Certo?
  5. Evitar frases repetitivas. Tente não se encostar em demasia a certas palavras ou “frases-tipo”, com a finalidade única de provar o seu ponto de vista. Não resulta. E acredite que os leitores vão notar que se está a repetir. E fica mal. Escolha a variedade em vez da repetição. Opte por utilizar um contador de frequência de palavras para encontrar as repetições e fazer as devidas correcções. 
  6. Remova adjectivos fracos. Adjectivos sem força e usados só “porque sim” prejudicam – e de que maneira – o seu conteúdo. Quer ver um exemplo simples? Frase fracaEle tinha mesmo medo de cobras. Frase forte: Ele tinha pavor de cobrasFrase quase indestrutível: As cobras aterrorizavam-no. Reparou bem na diferença existente entre estas 3 frases? É este o caminho. Adjectivos sim, claro, mas que sirvam o seu propósito em vez de fazerem exactamente o contrário.
  7. Mostre o seu texto a alguém em quem confia. Esta é igualmente uma prática muito comum entre os jornalistas, mostrar o texto a algum colega, que consegue ler o mesmo de forma imparcial e com um olho atento a possíveis erros ou coisas que não faça sentido. Esta é uma forma segura de garantir que o seu texto está bem escrito e fazer um primeiro teste ao mesmo, aos olhos de quem lê. 
  8. Divida as tarefas de edição em blocos distintos. Se o simples facto de começar pensar em editar e corrigir o seu próprio texto já é aflitivo, está na hora de arranjar uma estratégia para mandar embora esse sentimento. O ideal será mesmo dividir as tarefas em blocos/momentos distintos dentro da edição do texto. Por exemplo: primeiro lê o texto todo e vê se as ideias fazem sentido e se fluem com sentido; na segunda leitura vai olhar apenas para a pontuação; na terceira leitura já vai olhar para estilização do conteúdo, e assim sucessivamente

Comece a aplicar os conselhos acima já no seu próximo texto e vai ver as melhorias a aparecer em pouco tempo. E isto é a mais pura das verdades. Quanto mais treinamos e desenvolvemos o nosso talento, melhores nos tornamos naquilo a que nos propomos fazer. E isto, isto é uma verdade inquestionável. 

Entre em 2019 com energia renovada e com (muita) vontade de produzir conteúdos, com a certeza absoluta de que, com estes 8 truques, essa missão vai tornar-se muito mais simples, intuitiva e fácil de alcançar. 

content marketingdigitalmarketingstorytelling
[ Dezembro 11, 2018 by Martim Mariano 0 Comments ]

Storytelling, pois claro. Mas porquê?

Já não é novidade para ninguém que o Storytelling (pois claro) é um dos assuntos em destaque no que diz respeito ao incrível mundo da comunicação e do marketing.

gdpr-consentimento-digitalfc.: Pedido de Consentimento [GDPR]
Processamos dados, utilizando cookies no site (dados que ajudam os sites a lembrar-se de visitas anteriores) para melhorar a experiência do utilizador:
1. Ajudar os nossos serviços a fornecer conteúdo útil e personalizado;
2. Fornecer anúncios com base nos seus interesses;
3. Realizar análises e medições dos nossos serviços;
> Para mais informações sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais, consulte a Política de Privacidade e Protecção de Dados Pessoais

Privacy Settings saved!
Configurações de Privacidade

Quando visita qualquer site, ele pode armazenar ou recuperar informações do seu navegador/browser, principalmente na forma de cookies. Controle seus serviços de cookies pessoais aqui.


Google Analytics é uma importante ferramenta para monitorar a atuação online permitindo analisar as visitas que o site tem ao mês, semana, dia e hora, facilitando o entendimento nas estratégias para negócio.
  • ga.gd

Decline all Services
Accept all Services